Categorias: Livros

As Boas Mulheres da China, de Xinran

as-boas-mulheres-da-china-xinran-01

Quando fiquei uma semana em São Paulo em 2014 (faz dois anos!!!1!1), tive a oportunidade de conhecer várias pessoas que me eram queridas pela internet pessoalmente. Uma delas foi a Anne Kawata, que é leitora assídua do Just Lia e do Teoria. Além de ter levado a gente em lugares super legais, ainda me deu presentinhos. O livro As Boas Mulheres da China estava lá, junto com uma cartinha linda. Depois de tanto tempo na fila, terminei de lê-lo esse mês, e me marcou muito.

Xinran é uma jornalista chinesa que tinha um programa de rádio bem famoso, o Palavras na brisa noturna. Durante os anos que trabalhou no programa, entre 1989 e 1997, coletou histórias de várias mulheres pelo seu país. No seu programa, ela precisava ser cuidadosa com o que falava para o governo chinês não retrucar, mas sempre incentivava as mulheres a contarem as suas histórias. E disso é feito o livro de Xinran: das histórias reais, fortes e traumáticas das mulheres chinesas que entrevistou.

Continue lendo…

Categorias: Internet

Favoritos dos últimos tempos: fofura motivacional, esgotamento e gaslight

fofura-motivacional

Tô devendo respostas aos comentários de vocês nos posts anteriores, né? Em breve, vou ter tempo suficiente para falar com todo mundo, por isso, não me abandonem, hahaha! <3 Separei alguns links interessantes que vi nas últimas semanas e merecem ser compartilhados. Vem ver:

  1. Fofura Motivacional: facilmente uma das páginas mais legais do Facebook. É pra curtir djá!
  2. “A incapacidade de parar é uma forma de depressão”: Nilton Bonder e a depressão acelerada do mundo: sobre a importância de começarmos a questionar as definições automáticas na nossa vida.
  3. 10 sintomas do esgotamento emocional: depois de passar por um momento desse, queria muito que vocês ficassem atentas às suas emoções e seus corpos. Todos esses sintomas mostram que é preciso dar uma pausa, urgentemente, para o seu próprio bem (e sanidade mental também!).
  4. 14 sinais de que você é vítima de abuso psicológico – o Gaslight: esse assunto não pode nunca parar. Temos que falar e nos conscientizar para que ninguém no mundo precise mais passar por esse trauma.
  5. Feminismo, racismo e a relutância em reconhecer-se como opressora: texto para repensarmos nosso privilégio como mulheres brancas. É um conteúdo obrigatório para quem ainda não se reconhece como opressora (apenas como vítima do machismo).
  6. O que significa ser a última geração que viveu o mundo analógico: “você precisa cultivar a habilidade de ser você mesmo e não estar fazendo nada. É isso que os celulares estão tirando, a habilidade de só ficar sentado [fazendo nada]. Isso que é ser uma pessoa. Porque por baixo de tudo na sua vida tem aquela coisa, aquele vazio – eterno.”
  7. Como o design de produtos pode acentuar a desigualdade de gênero: o machismo está presente até nisso. Os produtos são feitos por e para homens, por isso, muitas vezes podem se tornar até perigosos para as mulheres.
  8. Iris Apfel diz que “falta personalidade” na nova geração de ícones de estilo: se existe alguém autêntica nesse mundo, essa pessoa é Iris Apfel.
  9. Moda & Lowsumerism: bate papo com Edu Biz e Eloisa Artuso: por último, mas não menos importante, um vídeo com hangout entre Edu Biz (da Box 1824) e Eloisa Artuso (da UN Moda Sustentável) falando sobre consumo consciente, lowsumerism e onde se encontra a moda no meio disso tudo. Para quem gosta do assunto, vale a pena assistir!
Categorias: Internet

30 wallpapers fofos para o seu computador

wallpapers-papeis-de-parede-fofos-computador-01

Um dos posts mais clicados aqui no Teoria é o 25 wallpapers lindos para incrementar seu computador. Eu não sei vocês, mas eu sempre troco de papel de parede do meu notebook, por isso, wallpapers fofos são sempre bem-vindos. É por isso que separei mais 30 wallpapers incríveis para você guardar aí numa pastinha e ir trocando quando tiver vontade. É só clicar na imagem e salvar. ;)

Eles foram feitos por várias artistas talentosas que eu conheci pelo Design Love Fest: Becky Simpson, Chloe Hall, Danielle Kroll, Home Work, Lonneke de Roos, Margot + Co, Rachel Levit, Juliet Meeks, Push Print Studio, Lizzy Doyle, Babeth Lafon, Ali MacDonald, Emmy Jones, Lindsay Gardner e Mallory Lucille.

Continue lendo…

Categorias: Internet

Coisas que andei desejando #6

coisas-que-andei-desejando-6

  1. Essa jaqueta: Tô amando demais a volta dos patches. E eu adorei essa jaqueta da Anna Fasano (acho que é a única dessas mais ~ricas~ que eu me identifico com os looks) – ela é oversized e cheia de patches divertidos. Ainda quero fazer algo igual com um colete. <3
  2. Esse cantinho: Acho essas vitrolinhas a coisa mais fofa. Um amigo meu tem um cantinho na casa dele com uma vitrolinha antiga e vários vinis. Invejei demais, hahaha, adoro. Quem sabe um dia a gente consiga comprar algo assim aqui para casa, né?
  3. Essa sala: Ando bem viciada em tons pastel, especialmente o rosa. Fiquei apaixonada com essa poltroninha e o tapete combinando. Quero!
  4. Essa maquiagem: A Bru Tavares é fantástica. Queria ter só 10% dessa habilidade que ela tem de se maquiar – não ia achar nada ruim, viu? :3
  5. Esse look: A Tokyobanhbao é uma das blogueiras que mais curto. O estilo dela é incrível, bem o que eu gostaria de ter no meu armário. E essa combinação de rosa pastel e marrom ficou ótimo, sem ficar muito infantil ou com cara de ~velhinho.
  6. Essas roupitchas: Como falei, ando bem aloka dos rosinhas. Adoraria ter mais peças dessa cor no meu armário – e listras, então, nem se fala, né? :D
  7. Essas pulseirinhas: Que delicadeza! Elas são daquele rose gold que anda super na moda. Acho que preferiria se fossem prateadas, mas são lindas mesmo assim.
  8. Esse quarto: O que dizer dessa cabeceira de cama que mal conheço e já considero pakas? E essa penteadeira turquesa? Tô passada com tanta lindeza. <3