Categorias: Viagens

Conexão Amazônia: viajando para Belém do Pará com a Natura

O mês de novembro foi bastante especial para mim. Esse final de ano, o blog comemora 5 anos de existência e, pela primeira vez, viajei por conta dele. E, melhor, com uma marca que admiro tanto – a Natura. No início de outubro, a assessoria entrou em contato comigo falando que tinha achado interessante o meu trabalho e pedindo para mandar algumas informações minhas. Eu já achei o máximo terem me procurado, e pensei que pararia por aí (geralmente é o que acontece). Me mandaram um produto com cheirinho de açaí que era novidade aqui para casa e um teaser por e-mail – perguntando se eu estava preparada para uma aventura na Amazônia. A princípio, pensei que a Natura fosse fazer um jantar inspirado na culinária amazônica… não imaginava que eles estavam falando de uma viagem literal, hahah!

1º dia: Descanso e jantar

A viagem que fiz pra Belém foi bem cansativa. Precisei acordar 4h30 da manhã para chegar ao aeroporto a tempo. De Belo Horizonte, parei em Brasília e esperei duas horas para o próximo voo. Ele ainda fazia escala em Marabá antes de parar em Belém. Cheguei na cidade umas 12h30 e fui com um transfer até o hotel. Lá, alguns presentinhos da Natura já estavam me esperando. Como estava exausta, achei melhor dar uma cochilada de tarde. De noite, me arrumei e fui encontrar os outros blogueiros para um jantar no restaurante Remanso do Bosque – e mateu a saudade do filhote, esse peixe maravilhosamente perfeito.

viagem-natura-belem-02 viagem-natura-belem-03 viagem-natura-belem-04viagem-natura-belem-05 viagem-natura-belem-06 viagem-natura-belem-07 viagem-natura-belem-08 viagem-natura-belem-09 viagem-natura-belem-10 viagem-natura-belem-11 viagem-natura-belem-12 viagem-natura-belem-13 viagem-natura-belem-14 viagem-natura-belem-15 viagem-natura-belem-16 viagem-natura-belem-17 viagem-natura-belem-18 viagem-natura-belem-19 viagem-natura-belem-20 viagem-natura-belem-21 viagem-natura-belem-22 viagem-natura-belem-23 viagem-natura-belem-24 viagem-natura-belem-25 viagem-natura-belem-26 viagem-natura-belem-27 viagem-natura-belem-28viagem-natura-belem-29 viagem-natura-belem-30 viagem-natura-belem-31

2º dia: Passeio de barco, amazônia e Cairu

No segundo dia, acordamos bem cedinho para ir à Associação Jauari, uma comunidade que fornece matéria-prima para a Natura e também é ajudada pela marca. Foram 3 horas de viagem até lá e chegamos com direito à recepção dos ribeirinhas, que foram muito simpáticos com a gente. Queriam realmente mostrar a terra, nos explicar como as coisas funcionam. Dentro da comunidade, fizemos uma trilha tranquila pela floresta, conhecendo um pouco as árvores e os frutos, nos encantando com cada metro quadrado de natureza.

Depois, aproveitando o calor, tomamos banho de rio. Foi difícil de sair, mas precisávamos almoçar, haha. No almoço, comi peixe e a farofa amarela que eu tanto amo (e só tem no norte). De sobremesa, um pavê delicioso de cupuaçu. Não gosto de açaí, então, nem tentei me aventurar! Saímos de lá de barco, numa viagem de 3 horas também. Sempre tive curiosidade de andar num barco daqueles, com rede e vento molhado no rosto. Realizei uma grande vontade! Em terra firme, fomos à Estação das Docas comer um sorvete na Cairu. O meu escolhido foi o Carimbó, com cupuaçu e castanha-do-Pará – muito bom! Queria ter experimentado mais, mas estava bem cheio e achei melhor voltar para o hotel para descansar.

viagem-natura-belem-32 viagem-natura-belem-33 viagem-natura-belem-34 viagem-natura-belem-35 viagem-natura-belem-36 viagem-natura-belem-37 viagem-natura-belem-38 viagem-natura-belem-39 viagem-natura-belem-40 viagem-natura-belem-41 viagem-natura-belem-42 viagem-natura-belem-43

3º dia: Fábrica de sabonetes e volta pra casa

No terceiro dia, fomos conhecer o último passo do processo: a produção. A Natura nos levou para conhecer a sua saboaria, o Eco Parque, que fica mais afastada do centro de Belém. Eles nos explicaram tudo o que fazem para preservar o meio ambiente local. Toda a fábrica foi construída pensando em sustentabilidade. A parte que eu achei mais incrível foi a dos jardins filtrantes, que tratam todos os resíduos produzidos pela fábrica (inclusive os que saem dos banheiros!). Eu fiquei bem impressionada com a estrutura do lugar, que utiliza a luz natural e aproveita a água da chuva – a palavra “sustentável” levada a sério MESMO. Os sabonetes são feitos com gordura vegetal, então, a fábrica é tomada por um cheirinho de perfume bem agradável. Ganhamos uma caixinha cheia de sabonetes e, claro, já estou usando e amando. Eles são bem cremosos e o aroma de cada um é ótimo.

Depois, fomos direto para o aeroporto para voltar pra casa. O passeio chegou ao fim, mas vou guardar muitas lembranças incríveis desses dias. Conheci pessoas, matei minha curiosidade, experimentei outras culturas e fiquei um tempo desconectada (mas conectada com a natureza). Nem tenho como agradecer à Natura por essa experiência tão maravilhosa que me proporcionaram. Infelizmente, foram poucos dias para conhecer Belém inteira, mas ainda volto para ver as outras coisas que faltaram! Obrigada, Natura, obrigada, Belém! Foi ótimo! :D

viagem-natura-belem-44

Com uma parte dos blogueiros que foram: Claudinha, Raquel, Luh, Karen, Taci e Fê, Sabrina e Martinha.

Comente aqui

11 comentários

  1. Wanila Goularte 27 de novembro de 2014
    às 11:13

    Que experiência incrível! Primeiramente, parabéns por ter seu trabalho aqui no blog ter sido reconhecido, deve ser o máximo. E com essas fotos lindas, senti que conheci um pouquinho mais do Norte. Adorei o post, tomara que você tenha mais oportunidades assim pra compartilhar com a gente! Beijinhos.

  2. Karin de Oliveira 27 de novembro de 2014
    às 14:07

    Vi que você tinha feito essa viagem pelo Instagram e me encantei com as paisagens da região.
    É muito bacana ter contado com esses processos de fabricação dos produtos que a gente curte
    Beijos

  3. Karyne 27 de novembro de 2014
    às 14:28

    Ai que experiência legal =D
    Tenho vontade de conhecer o estado.
    Minha mãe é consultora Natura há um tempão (mais de 20 anos) =)
    Amo os produtos!

    Blog do Sofá

  4. Bianca Moraes 27 de novembro de 2014
    às 15:33

    Haaaa.. que delícia! :)
    Tô indo pra lá nas férias de final de ano! Essas fotos já me deram vontade de pular umas semanas! ^^

    Legal saber desse lance da sustentabilidade ser mesmo bem real pra eles. Eu tenho comprado cosméticos apenas de marcas assim, que tenham valores sólidos. Veganas, sustentáveis ou que invistam em trabalhos sociais no Brasil. Tô montando uma lista e a Natura já está nela! :)

    ;**

  5. BA MORETTI 27 de novembro de 2014
    às 19:46

    imagino a delícia que é um lugar como esse. experiência maravilhosa né :)

  6. Patricia Leardine 27 de novembro de 2014
    às 20:34

    Que experiência incrível, Gabi. Parabéns pela oportunidade!

  7. Mãndy 28 de novembro de 2014
    às 10:23

    As fotos ficaram lindas, fiquei na vontade de experimentar os sorvetes!

  8. Elaine 28 de novembro de 2014
    às 10:56

    Oiii. Amei as fotos Gabi :) elas passam uma energia muito boa. Você ainda usa a Canon T3?

    Beijos.

    1. Gabi 28 de novembro de 2014
      às 11:22

      Obrigada, Elaine! Uso a T3 ainda, sim! :) Velha guerreira, hahah!

  9. Bárbara 28 de novembro de 2014
    às 14:04

    Que super legal! Adorei o passeio!!